Porque nós devemos falar sobre: a Baleia Azul

16 maio 2017
193 Visualizações

 

Atualmente, existem aproximadamente 7 casos em nosso estado, algo que alerta e precisa reter toda a atenção da nossa sociedade. Esse assunto traz um enfoque maior a diversos assuntos, o principal, o jogo contribuiu proporcionando uma maior visibilidade a questão frequente do tabu encontrado no suicídio de vários jovens. Essa semana, procuramos refletir sobre esse tema que hoje é tão abordado, e será que realmente discutimos? A crítica acaba não permitindo que pensemos a respeito desse tema e que discutamos mais sobre os diversos problemas que a nossa sociedade encontra, questionamentos como por exemplo, o que leva os nossos atuais jovens a se mutilarem em um jogo? Entre outros. Nós precisamos acordar de uma vez por todas para a nossa realidade, principalmente a dos jovens, que, infelizmente, são os maiores afetados desse jogo.

A primeira questão na qual iremos abordar nessa matéria, é o fato das pessoas que entram nesse jogo, na maioria das vezes, sofrem por problemas psicológicos, e encontram diversas dificuldades em uma jornada que já é bastante difícil, nós devemos reconhecer e ressaltar o fato dessas pessoas não serem culpadas, não fazerem isso pela nossa famosa “frescura” do nosso vocabulário, ou por querer chamar atenção, e sim, porque a maioria dos jovens não encontram um motivo, sonho ou alguma coisa para agarrar e se segurar a vida, respeitemos a dor dessas pessoas e ajudemos elas a se salvarem, nós precisamos dar mais atenção a vida de todos nós, sim, não adianta cuidar da nossa própria vida e continuar a ignorar o fato de várias pessoas encontrarem-se ao nosso redor, sofrendo, e nós ignorarmos por olhar apenas para o nosso próprio pé, nós precisamos perceber que a vida é um momento de altos e baixos, e nós não podemos viver simplesmente em uma fantasia de felicidade eterna, ou, devemos ressaltar para essas pessoas, não vivemos eternamente em uma vida de tristezas e sofrimentos, todo momento é passageiro, e se você está passando por um momento assim, saiba, esse sentimento é momentâneo e nós podemos superar juntos. Busque ajuda e agarre o mais forte que puder a sua vida, você ainda terá um caminho magnífico pela frente, é só ter paciência e muitíssima perseverança. Além disso, devemos relembrar a necessidade de nos unirmos contra esse jogo, não por virar um clichê, ele tem a sua suma importância, sua presença obrigou o governo e a sociedade a almejar um olhar diferente para com esse assunto, será que ele tem benefícios? Será que o fato de ter provocado toda essa mobilização pode ter provocado uma coisa, enfim, boa para nós em relação a esse assunto? Nem um e nem outro, a grande divulgação além de ter feito com que as pessoas tomem cuidado e busquem consultar ou se proteger dessa ameaça, fez com que as pessoas tenham tido uma maior visibilidade e deu a algumas pessoas que já viviam mais um propósito, esse que é cultivado pelo jogo e que nós não devemos cultivar de forma alguma.

Em relação aos aspectos observados no texto, podemos perceber que por diversos motivos nós deixamos a desejar no quesito de amar uns aos outros, talvez não amar, mas respeitar, se importar, cuidar e abrir os olhos para a realidade ao nosso redor. Precisamos nos atualizar, nós devemos abrir a nossa mente e perceber que devemos aderir a contemporaneidade e todos os malefícios que ela traz, talvez hoje as pessoas tenham se transformado em pessoas que costumam ficar sozinhas, e por se sentirem assim, elas acabam provocando algo, algo que não pensam antes de fazer e que mais tardiamente vão se arrepender.