A ETEPAM vem desde 1928 trabalhando no desenvolvimento profissional de Pernambuco!

Softwares Acadêmicos

Conheça o DreamSpark! Programa da Microsoft em parceria com institutos de educação.

Categorias

História

A atual ETEPAM (Escola Técnica Estadual Professor Agamemnon Magalhães) só depois de muito tempo que veio a ser denominada dessa forma. Em 1910, teve sua criação como escola de aprendizes artífices, porém só teve sua origem com o formato de ensino técnico após dezoito anos, em dezembro de 1928.

Sua sede tinha funcionamento na Rua dos Coelhos e se localizava no Centro do Recife. Em seu início haviam os cursos de marcenaria e tornearia, que mesmo atualmente serem considerados simples, na época representaram um marco histórico pois era voltada para os jovens do ensino fundamental se profissionalizarem. Em 1946, a ETEPAM estava passando por uma mudança de estrutura passando a funcionar nas instalações atuais. A escola foi apelidada de ‘’menina dos olhos do governo’’ devido aos constantes investimentos do governo na infraestrutura da instituição.

Em 19 de janeiro de 1943 pelo Decreto-Lei Federal de nº 11.383, a escola passou a ser denominada de Escola Industrial de Pernambuco (EIP), que se iniciou oferecendo os cursos de Fundição, Serralharia, Mecânica de Máquinas, Mecânica de Automóveis, Máquinas de Instalações Elétricas, Carpintaria, Pintura, Marcenaria, Cerâmica, entre outros. O Presidente da República da época era Getúlio Dornelles Vargas e em 1952, a instituição passou a ser chamada de Escola Industrial Agamemnon Magalhães (EIAM).

Em 26 de junho de 1962, a instituição começa a ser chamada de Colégio Técnico Professor Agamenon Magalhães (CTPAM), pelo Decreto-Lei nº 722. Já, em 12 de dezembro de 1972, pelo Decreto-Lei nº 2.618 há uma mudança em sua denominação para Centro Interescolar Professor Agamemnon Magalhães (CIPAM). A instituição começa a ter sua denominação atual, em 25 de setembro de 1985, pelo Decreto-Lei nº 796.

Foi visto que com o passar do tempo a estrutura, da instituição, estava ficando precária e necessitava de reformas. Então, em meados de 2004, a escola foi fechada para um reforma geral na infraestrutura interna e externa e em 1 de outubro de 2007, a ETEPAM (Escola Técnica Estadual Professor Agamemnon Magalhães) voltou a funcionar como escola de formação técnica. A ETEPAM atualmente consta com profissionais de alto nível para o ensino comum e técnico onde a formação da parte técnica se tem com o desenvolvimento de matérias relacionadas ao curso, com professores qualificados e com um ensino dinâmico.

Os cursos oferecidos na modalidade Integrado contém Logística, Mecânica, Mecatrônica e Tecnologia da Informação. Já na modalidade Subsequente são oferecidos os cursos de Logística, Manutenção e Suporte em Informática, Edificações, Mecânica, Mecatrônica e Química. No ensino médio técnico contém os cursos de Mecânica e Edificações. No ensino à distância (EAD) são oferecidos os cursos de Administração, Biblioteca, Informática, Logística, Recursos Humanos, Segurança do Trabalho, Secretária Escolar, Design de Interiores, Comunicação Visual e Multimeios Didáticos. Na parte do pró-funcionário existem os cursos de Multimeios Didáticos e Secretária Escolar.

comments powered by Disqus