Tecnologia Microsoft, Criatividade Pernambucana: O surgimento do MIC ETEPAM

31 julho 2017
43 Visualizações

Nesta semana, iremos dar início ao mês de aniversário do MIC, onde contaremos toda sua trajetória até se tornar o que conhecemos hoje. E para começar, iremos falar sobre sua origem e o seu desenvolvimento.

Tudo começou em agosto de 2008. A ETEPAM estava sendo reinaugurada depois de ter sido fechada para reforma em 2006, e com a reinauguração, veio o MIC ETEPAM. Foi o primeiro Centro de Inovação instalado em uma escola pública no Brasil. Veio com o objetivo de oferecer qualificação profissional à alunos da nossa instituição, além de incentivar o uso da tecnologia e representar o estado – e até mesmo o país – em competições, mas isso vocês vão ver mais na frente.

O MIC oferecia cursos de Desenvolvimento de Softwares e Infraestrutura e no dia 22 de dezembro de 2008, se formaram as primeiras turmas com 36 alunos, onde os dois melhores de cada turma receberam um vaucher para a realização da prova de certificação da Microsoft de forma gratuita. Não demorou muito para que os primeiros projetos do MIC começassem a surgir, e daí veio os sites da ETEPAM – que se tornou a primeira escola pública a receber um website – e o site do MIC.

E como o MIC surgiu? O ex-governador do Estado, Eduardo Campos, junto com o presidente da Microsoft, decidiram trazer o Centro de Inovação para uma escola pública e assim, potencializar os estudantes do ensino técnico e médio de Pernambuco.

Mas nem tudo são flores. No começo, foi difícil trazer os cursos do S2B para a instituição, mas nos próximos anos, esse problema foi contornado, tornando o MIC uma referência no programa em nível nacional na época.

Ao todo, se formaram cerca de 50 alunos no primeiro ano de funcionamento do MIC, e até hoje, continuamos formando mais e mais alunos a cada ano nesse período de 9 anos. Mais e mais alunos estão sendo capacitados para o mercado de trabalho e se interessando pela área de TI. O MIC fez parte, faz parte e ainda vai fazer parte da vida de muitos alunos mais na frente.

Tecnologia Microsoft, Criatividade Pernambucana: essas são as fórmulas para o seu futuro.